terça-feira, 31 de janeiro de 2023

Novo confronto P-121

Uma guerreira da cidade murada.

 No domingo após um almoço em família, Milo conversou com a tia Marta, que ao contrário das duas irmãs, Margot e Melina, era uma fandan de boa índole e nunca quisera confusão e brigas com ninguém. Marta não se surpreendeu com as más notícias vindas da cidade murada:

- Você nunca conheceu sua tia Margot pois ela foi embora daqui há muito tempo, mas acredite ela consegue ser bem pior que sua mãe na escala de maldades. Eu sempre achei que Melina teria salvação se a péssima companhia de Margot não tivesse estragado tudo.

- É o que acho em relação a Mara, ela está cercada de boas companhias agora, torço pra que isso dê certo.

- Vai dar! Vamos ter fé! - Marta sempre foi muito otimista - Sua mãe não teve esta chance. E agora está no meio da briga de Margot e Dario. Se bem a conheço e pelo que você me disse, ela está em crise, deve está se questionando se tudo que fez valeu a pena. Ah sim, ela queria Dario de volta e conseguiu, mas esta conquista vai custar muito caro, Margot vai revidar, mas escreva o que eu digo: ela nunca foi mais esperta que Dario. 

Na metade da manhã seguinte Milo recebeu uma mensagem urgente do porto da ilha negra:

💬 Senhor Príncipe

Soubemos que os dois reinos da cidade murada entraram novamente em confronto no domingo a noite, o muro que divide as duas cidades agora está definitivamente fechado, ninguém passa. As relações comerciais estão paradas, sem previsão de retorno. Vamos voltar para Esmirna. 

Milo sentiu o coração disparar no peito, outro confronto! Lembrou do sonho de Mara e ficou ainda mais aflito. Naquela tarde enquanto esperava o capitão da guarda chegar, o espelho principal do palácio de Esmirna se acendeu. Era sua mãe Melina, seu rosto estava muito assustado:

- Milo, estamos em guerra, mas a situação está controlada agora. Os aliados de Margot debandaram.

Antes que Milo respondesse algo, Dario tomou a frente de Melina, estava com vários ferimentos, um corte feio no rosto e uma expressão de fúria:

- Pai, precisa de ajuda? - Milo ainda achava estranho chamar Dario de pai.  - O que aconteceu com Margot?

- Está presa e vai ser julgada, mas se dependesse de mim ela estaria morta.

😦😦😦😦

terça-feira, 24 de janeiro de 2023

Pensamentos e sonhos P-120

Da varanda de uma enorme casa situada em um promontório no extremo norte da cidade murada, Margot observava o mar e os barcos que passavam. A cidade estava lotada de aliados do sul e de aliados do norte, sim, ela não queria admitir, mas Dario também ganhara apoio e agora ninguém sabia dizer qual dos reinados era o maior. Seus aliados estavam muito animados, pois depois de muito tempo conseguiram ter um governo que seguia seus ideais. Margot não queria admitir outra coisa: o que a mantinha firme naquela empreitada era a raiva e o ciúme que sentia respectivamente pela irmã e pelo ex-namorado, ela não se referia mais a irmã Melina pelo nome, dizia "aquela traidora" e se referia a Dario como " aquele rei lá."

Uma de suas damas mais chegadas havia lhe dito no dia anterior:

- A raiva e o ciúmes são péssimos conselheiros...

Mas ela nem pôde terminar o que ia dizer, pois Margot mandara a dama sair da sala. Ela tentava se concentrar no que tinha que fazer, nas decisões que tinha que tomar, mas sua mente sempre voltava pra Dario. Lembrava do tempo que passaram juntos, nas coisas que ele dizia... O que ele vira em Melina? O que Melina tinha que ela não tinha? Ah sim, filhos! Ela não conseguia ter filhos, Melina sim, mas será que era só isso? Será que se ela tivesse lhe dado um filho ele ainda assim iria atrás de Melina? A resposta veio devagar e doeu saber a verdade... sim, ele a teria deixado com uma barriga enorme pra ir atrás de Melina, porque ele era assim, não se importava com sentimentos alheios, só com os dele mesmo. Bateu com o punho fechado em cima de uma mesa lateral e tudo que havia em cima dela subiu e desceu. Não bastava dividir o reino da cidade murada e deixar Dario louco, ela queria mais! 

Em Esmirna Milo conversava com Mara que andava muito agitada:

- Você tinha razão em relação a tia Margot. 

- Eu te disse!! Ela nunca ficaria quieta, ela acha que é melhor que nossa mãe em tudo. Eram aliadas, irmãs e melhores amigas, desde que ela fosse a protagonista da estória. A tia Marta sofreu muito nas mãos das duas. Mas aí nossa mãe resolveu colocar as "asinhas de fora" e conquistou Dario!! Isso ela nunca vai perdoar nem aceitar, Dario era tudo pra ela, era não, continua sendo. - Mara fez uma pausa e ficou pálida - Milo, ontem eu tive um sonho muito real, eu vi a cidade murada pegando fogo, Dario estava morto atirado ao chão enquanto Margot ria sem parar...

😮😮

segunda-feira, 16 de janeiro de 2023

A rainha do norte P-119

Mais de um mês tinha se passado em Solemar e Esmirna. Aparentemente reinava a paz e tranquilidade nos dois reinos. Aos poucos e com muita cautela, Milo começou a negociar mercadorias com a cidade murada através do porto da ilha negra. A rainha Lara não quis se envolver neste comércio, ela disse que não confiava nos fandans da cidade murada e ninguém questionou sua atitude pois a maioria dos fandans pensava como ela. Todas as mercadorias que vinham da ilha negra e adentravam o porto de Esmirna eram cuidadosamente examinados, inclusive usando magia, pra que nada maléfico penetrasse no reino de Esmirna. Milo sentiu que Dario tinha se afastado definitivamente dele, nunca mais tinham conversado pelos espelhos. Todas as negociações entre portos eram feitas pelos funcionários. 

Na metade do primeiro mês do ano, um dos marinheiros de Esmirna que levava as mercadorias até o porto da ilha negra pediu pra falar com Milo. Ele parecia bem agitado quando entrou na sala de audiências do palácio. Depois das formalidades ele disse:

- Senhor príncipe... está acontecendo algo muito grave na cidade murada.

- Quem lhe disse?

- Os comentários choveram de todos os lados lá no porto. O falatório é geral.

- O que estão dizendo?

- Que o reino de lá foi dividido em dois, a sua tia Margot agora é rainha de um deles, ela é a rainha do norte, enquanto seu pai Dario é o rei do sul. 

Neste momento a rainha Lara entra na sala com seu embaixador principal, juntos o embaixador e o marinheiro contaram o resto da história:

- Depois que seu pai decidiu ficar definitivamente com a rainha Melina, sua tia Margot se juntou a vários aliados que não gostam de Dario e restabeleceu os dois reinos como era antigamente. Ela se declarou rainha. Dario quis reaver o reino único, houve luta e os partidários de Margot ganharam. 

Athina foi chamada pra esclarecer algumas coisas:

- Athina, Margot tem direitos sobre o reino do norte? - perguntou a rainha Lara.

- Não,  até onde eu saiba não. Mas ela está respaldada por uma grande parte da população que não gosta de Dario e de Melina.

- Exato - disse o embaixador - Eu soube que Dario está uma fera, ele convocou um referendo para saber se esta divisão será definitiva. Um muro mágico foi levantado, onde antes era um muro de tijolos, pra dividir o reino, quem quiser passar de um lado para outro precisa de permissão. 

- Acho que não devemos nos meter e nem tomar partido. - disse Milo.

- Concordo, vamos ficar neutros. - disse a rainha Lara - Até quando der!!

💢💢💢💢💢

Voltando hoje a este outro mundo!

👩😃

quarta-feira, 14 de dezembro de 2022

Um novo herdeiro P-118

Margot.

Aquela conversa com seus pais deixou Milo impressionado. Mas o que ele podia fazer?  O olhar dos dois era de desafio e Dario deixou bem claro o que pretendia:

- Você é meu filho mas nós não estamos juntos na vida, não combinamos, não concordamos... O mesmo acontece com Melina e você, nunca se deram bem. Eu preciso de outro herdeiro, entende? Você fica em Esmirna, o trono é seu, mas aqui na cidade murada, eu terei meu próprio herdeiro.

Milo ficou sem palavras, imóvel e sem pestanejar, olhava fixamente para os pais que deram por encerrada a conversa sumindo do espelho. Muito tempo depois um conselheiro entrou na sala:

- Príncipe Milo, o que aconteceu?

Milo finalmente saiu de seu torpor e sacudiu a cabeça:

- Depois eu falo, o que há?

- Um problema urgente com nossa água.

- Certo, vamos resolver.

Milo reuniu todo o conselho no outro dia e também chamou a rainha Lara pra contar as novidades. Bah, Mara e Hayden também estavam na reunião. Depois da surpresa inicial várias opiniões foram dadas. A única que não falou nada foi Mara que parecia em estado de choque. No fim, a grande maioria pensava como a rainha Lara:

- Acho que você não deve se preocupar com isso, Milo. Eles estão na cidade deles e lá são soberanos, podem ter tantos filhos quanto quiserem. Você é o primogênito e nada vai mudar isso. Você já tem o reino principal e também todo nosso apoio. 

- Eu sei. É que ficou muito claro que nunca mais minha família será a mesma, estamos divididos pra sempre. Não há retorno. Eu tinha esperança de me dar bem com meu pai. Agora eu sei que isso nunca vai acontecer. É eles lá e nós aqui.

- Bem, se precisar de um pai eu estou aqui! - disse Hayden.

Os dois se abraçaram. Mais tarde Mara disse pra Milo:

- Acho que sei o que você está sentindo, é uma espécie de ciúme de quem ainda nem nasceu. Mas quando você falou a novidade me lembrei da tia Margot. Se ela se afastou e foi morar só é porque está aprontando alguma coisa. Pode acreditar, ela não vai deixar isso pra lá, vem bomba por aí.

🔷💙🔷

E com esta parte encerro as atividades deste blog em 2022.

Volto em 2023 no dia 16/01/23.

Boas festas!